sábado, 22 de setembro de 2012

Primavera...

 
 
 
A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega.
Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra, nesse mundo confidencial das raízes, — e arautos sutis acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer, no espírito das flores.

Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos cor-de-rosa, como os palácios de Jeipur. Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende.

Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.

Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.

Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.

Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.

Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul. Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra. Os casulos brancos das gardênias ainda estão sendo enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam com suas roupas de chita multicor.

Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade. Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera...


Cecilia Meireles



sábado, 21 de julho de 2012

Indignação ....




Revolta, revolta é o que sinto ...
Estou revoltada como mulher e como torcedora, cada vez que leio sobre o corte da jogadora de basquete da Seleção Brasileira Iziane .
Durante anos e anos vimos noticiado na imprensa, fugas espetaculares de  jogadores de futebol, burlando segurança e treinadores, fazendo orgias e festeres até o sol nascer, não com suas namoradas, mas com piriguetes e adjacências e nunca foram expulsos.
Vimos estes mesmos jogadores gabando-se de suas peripécias, onde haviam 10 mulheres para cada homem.
Sem falar nos casos de bebedeiras homéricas, e que no dia seguinte, assistíamos estes mesmos jogadores, arrastando-se em campo.
E NUNCA vimos nenhum ser expulso de qualquer time, ou da Seleção.

Agora as vésperas das Olimpiadas de Londres, Iziane, que sempre foi exemplo de dedicação e entrega total a Seleção Brasileira de Basquete, foi expulsa, por ter levado o NAMORADO para dormir no hotel onde estava concentrada.
Que marmota é essa?

Em pleno século vinte e um, nós  mulheres ainda recebemos tratamento diferenciado, apenas porque somo mulheres?
Ainda estamos sobre o domínio machista, de dirigentes dinossauros, que se acham no direito de punir uma mulher por ter estado com a pessoa que AMAVA, enquanto na contramão disso, nunca tiveram tiveram coragem, pra punir os Ronaldinhos da Vida, os Adrianos e todos os jogadores que ja pintaram e bordaram, bem nas barbas destes senhores mandatarios.

 Não senhoras, não é só o Brasil quem perde, perdemos nós  mulheres, que levamos anos e anos, pra conquistar alguns direitos, que levamos anos e anos para podermos andar de cabeça erguida e dizer, eiiii, nós estamos aqui, somos capazes, somos seres humanos, temos os mesmos direitos, não estamos aqui apenas para procriar, satisfazer os desejos masculinos, esfolar a barriga no fogão.
Temos capacidade, temos a força de constituir familia, temos a força de gerar vidas, temos a força, de continuar levantando a cada rasteira da vida ...

Temos  força até  para superar o preconceito....



Marlise Julião

terça-feira, 3 de julho de 2012

Pede .....






Me pede, sossegue,

Eu vou te dar...

Um beijo, um amasso ...

Um chamego, no aconchego , meu colo, teu solo,

 Faz  germinar...

Tua essência meu olfato  teima em sorver,

Absorta, envolta  em  prazer...



Marlise Julião

domingo, 22 de abril de 2012

Eterno Descobrir ...









Dia 22 de abril Comemora-se o Descobrimento do Brasil !! Nestes tantos anos após o Descobrimento o Brasil ainda engatinha e tenta se firmar como um dos grandes países no cenário  mundial.. Imaginem só,viramos credores do FMI,pasmem !!! No ano 2000 completou-se 500 anos de Brasil.. Na época fiz um poema em homenagem ao Brasil, participei de alguns eventos, abaixo o tal poema, espero que gostem !!



Eterno Descobrir

O Brasil está de aniversário e nesse lindo cenário,que festa iremos fazer!
Neste bolo de 500 velas relembrando as Caravelas, quando o Brasil se fez nascer !!


Aos 22 de abril de 1500 pra lá retornam meus pensamentos quando Pedro Álvarez Cabral descendo de sua Nau descobre uma nova terra!

Terra de pele morena, de aparência tranquila e serena, que desde o princípio deu ao povo, alma de lutador...
Não com flechas ,nem espadas .
Sempre com Paz e Amor !!


Terra com ouro e prata, que tem em suas matas a sua maior riqueza, madeira para nossas casas, comida para nossas mesas.. 
Riqueza ameaçada por ganãncia desenfreada, de quem brasileiro se diz:
Que entrega ao estrangeiro, somente pelo dinheiro o verde de seu país !!



Pátria de Zumbí dos Palmares, que após tantas lutas pelo fim da escravidão
seu grito na mata se escuta, trazendo felicidade,
No rosto negro marcado, o grito da Liberdade !!



Pátria que tem Pelé.. vindo de infãncia pobre mas que logo o mundo descobre e o menino vira Rei !! Que fez gol de todo jeito, de cabeça,de letra,de peito…



País de Caetano e Gil, que no violão ou no batuque, faz com o que o mundo escute o ritmo do Brasil samba,que seduz,enebria..
Fazendo até robô sambar Ritmo de encanto e magia !!



País do Maracanã onde até quem não é Flamengo tem um orgulho tremendo do maior estádio do mundo,
onde Romário e Edmundo faça chuva ou faça sol ,
mostram por que o Brasil é o país do futebol !!



Agora no ano 2000 Vamos torcer que o Brasil .
entre em uma nova era na qual o povo espera.
que num país tão imenso sempre reine o bom senso,
em tudo o que aqui se faz.. Que o Brasil seja eterno..
Eterno no Amor e na Paz…




Do ano 2000 pra cá, muita coisa mudou, alguns problemas foram solucionados, mas ainda temos grandes mazelas .. A fome, a desigualdade social, a violência e a corrupção !! Será que precisaremos de mais 500 anos para se chegar lá ??



Marlise Juliao

quarta-feira, 7 de março de 2012

Feliz Dia Internacional da Mulher ....


Mulheres Celtas

As mulheres de origem celta eram criadas tão livremente como os homens.
A elas era dado o direito de escolherem seus parceiros e nunca poderiam ser forçadas a uma relação que não queriam.
Eram ensinadas a trabalhar para que pudessem garantir seu sustento, bem como eram excelentes amantes, donas de casa e mães.
Assim aprendiam:


Ama teu homem e o segue, mas somente se ambos representarem um para o outro o que a Deusa Mãe ensinou: amor, companheirismo e amizade.
Jamais permita que algum homem a escravize.
Você nasceu livre para amar, e não para ser escrava.
Jamais permita que o seu coração sofra em nome do amor.
Amar é um ato de felicidade, por que sofrer?
Jamais permita que seus olhos derramem lágrimas por alguém que nunca fará você sorrir.
Jamais permita que o uso de seu próprio corpo seja cerceado.
Saiba que o corpo é a moradia do espírito, por que mantê-lo aprisionado?
Jamais permita que o seu nome seja pronunciado em vão por um homem cujo nome você sequer sabe.
Jamais permita que o seu tempo seja desperdiçado com alguém que nunca terá tempo para você.
Jamais permita ouvir gritos em seus ouvidos.
O Amor é o único que pode falar mais alto.
Jamais permita que paixões desenfreadas transportem você de um mundo real para outro que nunca existiu.
Jamais permita que outros sonhos se misturem aos seus, fazendo-os virar um grande pesadelo.
Jamais acredite que alguém possa voltar quando nunca esteve presente.
Jamais permita que seu útero gere um filho que nunca terá um pai.
Jamais permita viver na dependência de um homem como se você tivesse nascido inválida.
Jamais se ponha linda e maravilhosa a fim de esperar por um homem que não tenha olhos para admirá-la.
Jamais permita que seus pés caminhem em direção a um homem que só vive fugindo de você.
Jamais permita que a dor, a tristeza, a solidão, o ódio, o ressentimento, o ciúme, o remorso e tudo aquilo que possa tirar o brilho dos seus olhos a dominem, fazendo arrefecer a força que existe em você.
E, sobretudo, jamais permita que você mesma perca a dignidade ser
mulher.

Feliz Dia Internacional da Mulher!!!

domingo, 19 de fevereiro de 2012

E chegou o Carnaval !!!



Vejo a correria nas escolas de samba…Escuto o rufar dos tambores, repiques e atabaques...
Vejo o sorriso estampado no rosto de cariocas e baianos, ansiosos e radiantes.
Vejo rainhas de baterias… Vejo o brilho das fantasias...
Escuto Neguinho da Beija Flor:” Olha o Carnaval aí gente !!”
Meu sangue ferve... Meus sentidos se aguçam, minha pele arrepia, meus pés se agitam…
Meu sangue brasileiro… Meus sentidos atrelados a meus antepassados... Minha pele da cor do Brasil…Meus pés que me guiam …
Do fundo de minha alma pagã, brota um desejo incontrolável de cair no samba…
Me acabar em quatro dias de pura magia, emoção e frenesi…Meu coração bate no compasso de um surdo, sinto cada nota…
Meu olhar se volta para Recife, vejo Alceu Valença descendo as ladeiras, o frevo ferve, o povo se entrega !!
O sol a pino, dá mais brilho ao espetáculo, noite e dia, ruelas cheias e o povo a extravasar...
Lindas morenas, loiras, ruivas…Por que não, parecem não ter ossos !! Requebram freneticamente com suas sombrinhas coloridas deixando turistas desavisados de boca aberta.
Até a fria São Paulo, sizuda, com sua paisagem cinzenta se rendeu ao Carnaval, lindos desfiles, lindas mulheres .
Sob a garoa desfilam imponentes as ricas escolas de samba paulistas.
Agora vejo a Bahia... Ivete Sangalo, soberana emana sua luz e incendeia Salvador…Carlinhos Brown e sua Timbalada, Claudia Leitte, Chiclete com Banana, Netinho...
Vejo o lindo mar azul e branco dos filhos de Gandhi, me orgulho da fé e do amor que transborda em cada olhar, em cada integrante…

Escuto o apito do mestre da bateria ... é meu despertador...


Acordo e olho ao meu redor, era apenas um sonho, estou aqui, do outro lado do país, onde a magia ainda não contagia, onde trabalho é palavra de ordem... Enquanto em uma parte do pais pula-se sem parar, nós aqui trabalhamos sem descanso.


Somos obrigados a nos sujeitar a bancos fechados, assim como escolas e repartições publicas. Contas, compromissos que se danem, por que levar a vida tão a sério, afinal é Carnaval...


Um pais que quer ser levado a sério, deveria começar a se comportar como um pais sério.


Enquanto a maioria samba, nós aqui dançamos, literalmente...

Bom Carnaval á todos.


Marlise Juliao

Paixão ....



Quem nunca teve uma paixão mal resolvida ??

Nos acompanham a vida toda, por vezes se acomodam e podemos até conviver com elas..

Avassaladoras, te dominam o tempo todo,não se come, não se dorme não se trabalha….

Por anos e anos, estas paixões nos corroem a alma ,e nos roubam tempo precioso …

E as vezes perdemos anos e anos, teimando em não resolve-las !

Passan-se anos, 20, 30, 40 anos, naquele circulo vicioso, ahhh se eu tivesse feito isso, a se eu tivesse agido de outra maneira, se eu tivesse demonstrado mais meu amor, se eu não fosse táo ciumenta, se eu fosse melhor na cama, se tivesse colocado meu orgulho de lado..

Resolva, enfrente e lute, enquanto perdemos tempo com estas paixões mal resolvidas, quantos pessoas iguais ou até melhores passam por nossas vidas...

Pense nisso .

M@rlise Juliao

Sexo é bom....Sexo com amor ,melhor ainda .....

Blog em construção......

Páginas

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Estudante de Letras, engatinhando no universo literário ....