terça-feira, 9 de setembro de 2014

Mulheres na politica ...






Somos mais de 51% da população do Brasil e representamos 52% do eleitorado que legitima, democraticamente, cada legislatura de nosso Congresso Nacional, conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral.
Ao longo da história, sempre lutamos pelo direito de educação, de voto, e de trabalho remunerado das mulheres. Sempre fomos protagonistas na construção da nação. No entanto, nossa presença no parlamento brasileiro não segue a mesma proporção de nossa atuação. Temos apenas 8,77% dos 513 mandatos que constituem a Câmara dos Deputados e em 180 anos, jamais uma mulher foi titular de cargo na Mesa Diretora dos Deputados ou Senado Federal.
A mulher contemporânea acumula muitas responsabilidades, as tarefas domésticas com a jornada de trabalho restringem sua participação à ação política. Muitas pessoas afirmam que nós já temos nosso espaço constituído na sociedade, no entanto, quando nos confrontamos com todos esses fatores, percebemos que ainda temos muito que avançar para que exista, de fato, igualdade de oportunidades entre os sexos.
Aconteceu no ano de 2007 a II Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres.
Durante todo o primeiro semestre do ano passado, aconteceram também, conferências municipais e estaduais que chamaram as mulheres a debaterem sua posição na sociedade, elencando suas demandas e formulando ações para as mudanças sociais necessárias para melhorar a vida delas.
Nunca antes este tema fora tão debatido pela sociedade civil, e percebido como essencial para erradicar a pobreza e a desigualdade social.
Somos 42% do mercado de trabalho, e responsáveis por cerca de 1/3 do sustento das famílias brasileiras. No entanto, sofremos o maior número de desemprego e de desvalorização do salário.
Por isso, garantir o acesso das mulheres aos espaços de decisão dos rumos de nosso país e de seu desenvolvimento, é garantir a democracia e o pleno exercício da cidadania.
A inclusão das mulheres deve se dar a partir de uma maior participação ao poder legislativo, no entanto as formas de participação direta da sociedade, como as conferências nacionais, são importantes espaços de nossa inserção e de debate de nossas demandas, pois, nelas a população identifica e produz as políticas necessárias para as mudanças sociais.
Este é um ano de eleições, mais uma vez estaremos protagonizando espaços importantes neste debate. No entanto, esperamos que diferentemente do passado, possamos nos mobilizar e construir um projeto que transforme a nossa realidade e consiga, em um futuro não muito longínquo, incluir de forma efetiva as mulheres nos espaços de poder de nosso país.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sexo é bom....Sexo com amor ,melhor ainda .....

Blog em construção......

Páginas

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Estudante de Letras, engatinhando no universo literário ....