domingo, 2 de outubro de 2011

Novos tempos, novos olhares femininos


Nossa semana começou irresistível, depois de um domingo atípico ,com cara de sexta feira!

O dia está chuvoso (opa… já mudou, está ensolarado e com um belo céu azul )... aquela garoa fininha e contínua, que encobre nossos morros que cercam nossa cidade…. Faz frio, estranhamente faz frio, pois quando era inverno fazia calor (………) coisas do efeito estufa…….

Poderíamos comparar o clima ou o tempo, com o ser humano, nós seres humanos também temos "mudança de clima", seja no campo do trabalho, seja em nossa vida familiar ou afetiva.

Tem dias que estamos ensolarados e cheios de raios de luz, em outros estamos nublados, fechados, encobertos, cinzentos.

Também temos o efeito estufa (não é exatamente o que você está pensando ( hehe ) que destrói nossa camada de ozônio ou nossa paciência como preferir… Nas mulheres as variantes do tempo se apresentam com maior frequência ,com consequências mais avassaladoras……

Nas mulheres por exemplo ,se o clima interior estiver ameno e agradável, todos ganharão com isso. Se for ao contrário sugiro que todos ,eu disse TODOS, fiquem com seus escudos protetores ativados e mantenham uma distância considerável…..

Os homens demonstram ou fingem demonstrar uma irritante calma aparente, o que contribui ainda mais com o já elevado efeito estufa feminino causando efeitos climáticos de danos irreversíveis, beirando ao Apocalipse ou uma Hecatombe….

Para bem de ambos e de todos que as rodeiam, sugiro, uma moderação no lançamento de elementos nocivos ( palavras ofensivas ,viradas de olhos ou gestos obscenos )……

Nós mulheres desde pequenas, somos criadas e educadas com uma educação mais rígida !!

Para os meninos a liberdade já vem desde cedo, desde os tipos de brincadeiras, passeios com amigos e até no modo de se vestirem…

Já nós as meninas somos policiadas o tempo todo, Fulana não sente assim ,”sente-se como uma menina deve sentar” ,” não coloque este shorts, fica parecendo um menino “,” meninas não jogam futebol” ,” meninas tem que aprender a cozinhar e cuidar da casa” ...

Qual a moça que antigamente ao se casar, não ganhava uma maquina de costura e tinha que saber costurar, ser bem prendada..

E crescemos… com a cabeça cheia de duvidas, anseios e com desejos reprimidos !!

Na questão sexual então nem se fala, era assunto terminantemente proibido para meninas, enquanto para os meninos havia até incentivos... pasmem!!

O pouco que aprendíamos era lendo aquelas revistas de Fotonovelas Italianas, contrabandeadas da casa de alguma amiga e providencialmente escondidas embaixo do colchão, sob a pena de severas broncas se fossem encontradas !!

Lembro de uma reportagem que lí, sobre como aprender a beijar na qual dizia que beijar era igual chupar laranjas... ehehhehe ,imagine só, pobre do rapaz escolhido para o primeiro beijo, que aliás não foi nada bom, pois acho que ele leu a mesma reportagem que eu pois, os dois pareciam chupar laranjas...Aff !!

Tanto eu como amigas minhas criadas mais ou menos na mesma época, crescemos com desejos contidos e frustrados, muitas ,infelizes em seus relacionamentos presas a convenções que nunca conseguiram ser quebradas…

O mundo anda tão dividido, pessoas cada vez mais solitárias e depressivas , principalmente entre as mulheres...Convivo diariamente com dezenas de mulheres, altas, magras, gordinhas, loiras, morenas e negras .

Acho incrível a força e a determinação, todas cumprem uma jornada de mais de 8 horas diárias nas empresas. A maioria são mães, e fora o trabalho na empresa cumprem uma rotina de trabalhos em casa, que não é fácil, casa pra limpar e arrumar, roupa pra lavar e passar, comida para a família toda..

Sem contar que todas as mulheres tem que dispor de uma memória de elefante, pois todos ao invés de procurar suas coisas ou objetos preferem perguntar, desde um tênis perdido, livros , cadernos e até cuecas ..

A cobrança que paira sobre mães e esposas é muito grande, sem falar que , quando se vê obrigada a trabalhar fora para ajudar seus companheiros no orçamento, ficam divididas entre o papel de mãe, de cuidar e zelar pela educação, pelo carinho e pelo papel de formadora de um novo ser humano, totalmente dependente de suas mães até a adolescência, a maioria quando está no trabalho pensa: Será que ele se alimentou direito, será que ele não está na rua ,será que nada de mau vai acontecer na minha ausência, será que minha ausência não fará falta na formação do caráter de meu filho??

E como fica o lado feminino da mulher, que tem que estar sempre linda ,cheirosa, bem humorada, com disposição e arrumada para seu amor?

O lado afetivo sempre é o mais afetado, nem todos os companheiros são compreensivos e nem todos aceitam dividir tarefas, tanto assumindo um compromisso maior na educação dos filhos , quanto tentando entender o quão difícil é a jornada dupla, ou até tripla, da mulher…



Marlise Julião

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sexo é bom....Sexo com amor ,melhor ainda .....

Blog em construção......

Páginas

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Estudante de Letras, engatinhando no universo literário ....